Notícias


POLITICA

18/08/2011 às 11:57:00

Vereadores votam pedido de cassação do prefeito de Campinas


A Câmara de Vereadores de Campinas, iniciou às 9h15 desta quinta-feira (18) a análise do processo de cassação do mandato do prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT). O prefeito responde por omissão por não ter agido contra a rede de corrupção e desmandos que envolveu funcionários da Prefeitura e empresários da cidade.

Logo após a abertura da sessão, a presidência da Câmara, representantes da comissão processante e da defesa do prefeito se reuniram para decidir quais as peças do inquérito de 1,6 mil páginas serão lidas ou se o processo terá de ser lido na íntegra. Até as 10h, eles ainda não haviam tomado uma decisão.

Durante a sessão será feita a leitura do processo e do relatório dos vereadores que fizeram parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Depois, cada vereador tem 15 minutos para falar. Em seguida, é a vez do prefeito, que tem duas horas para se pronunciar - o que pode ser feito por ele mesmo ou por sua defesa.


Após esse processo será iniciada a votação. Para que o prefeito seja cassado é preciso que pelo menos dois terços da Câmara - ou 22 dos 33 vereadores - votem a favor de sua saída. O resultado deve sair depois de quatro dias.

A investigação sobre o prefeito começou depois que o Ministério Público apurou e denunciou corrupção, fraudes em contratos e pagamento de propina na Prefeitura de Campinas. Alguns funcionários públicos e empresários da cidade chegaram a ser presos.

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).