Notícias


Legislativo

14/09/2021 às 21:30:00

Vereadores ouvem diretor do DAE e aprovam 3 projetos em reunião


Câmara Municipal - Imagem divulgação

Os vereadores barbarenses aprovaram três projetos de lei e duas moções durante a 33ª Reunião Ordinária do ano, realizada nesta terça-feira (14 de setembro), no Plenário Dr. Tancredo Neves. A sessão foi transmitida, ao vivo, pelo site oficial da Câmara, pela rádio Santa Bárbara FM (95,9MHz) e pelas páginas do Legislativo no Facebook e no Youtube (@camarasbo). 

Antes do início da apreciação da Ordem do Dia, os vereadores receberam, em plenário, o superintendente do Departamento de Água e Esgoto (DAE), Laerson Andia Jr., que fez uso da Tribuna Livre para falar sobre o funcionamento da autarquia e sanar dúvidas sobre diversas questões. 

Inicialmente, foi aprovado o Projeto de Lei nº 07/2021, de autoria do vereador Arnaldo Alves (PSD), que institui o evento denominado Festa da Padroeira da Paróquia da Imaculada Conceição no Calendário Oficial do Município. Esse evento é realizado, anualmente, no mês de dezembro, no bairro Cidade Nova. Antes dessa votação, o padre Agnaldo falou aos presentes sobre a importância do evento para a comunidade local, assim como para a preservação da cultura barbarense.

Em seguida, foi aprovado o Projeto de Lei nº 172/2021, protocolado pelo vereador José Luis Fornasari, o Joi (PV), que dispõe sobre a prévia divulgação do aumento da tarifa de ônibus urbano em Santa Bárbara d’Oeste.  De acordo com a propositura, o reajuste dessa tarifa deverá ser divulgado com 30 dias de antecedência ao início da cobrança no site da Prefeitura e por meio de avisos afixados em todos os ônibus. 

A próxima proposta aprovada foi o Projeto de Lei nº 93/2021, assinado pelo vereador Eliel Miranda (PSD), que denomina a Academia de Instrução da Guarda Civil Municipal, localizada no Jardim Esmeralda, em homenagem póstuma ao comandante “Miguel Rodrigues”.

Por fim, foram aprovadas as moções nº 446 e 449/2021.

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).