Notícias


OPORTUNIDADE

22/08/2011 às 09:05:00

Vagas de emprego pouco procuradas pagam até R$ 2 mil em SB


Algumas das vagas de emprego pouco procuradas pela população na Casa do Trabalhador, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Santa Bárbara d'Oeste, oferecem salários de até R$ 2 mil mensais. Este é o valor de mercado praticado, por exemplo, no setor de alimentação, como explicou o secretário da pasta, Christóvão Silveira.

 

"Constatamos uma grande carência para preencher vagas no setor alimentício da cidade e o que a população precisa saber é que este ramo pode chegar a um salário de até R$ 2 mil, em padarias, açougues e em outros setores alimentícios. É uma área que devemos explorar criando parcerias com os comerciantes e oferecendo mais opções de empregos para quem necessita", afirmou Silveira.

 

Na Casa do Trabalhador, há oportunidades para açougueiros, açougueiro de desossa, ajudante de garçom, auxiliar de pizzaiolo, barman, chapeiro/pasteleiro, churrasqueiro, confeiteiro (a), garçom/garçonete, padeiro e pizzaiolo - vagas pouco buscadas por parte dos profissionais.

 

Também são pouco procuradas pelos trabalhadores as vagas ligadas profissões mais artesanais, como carpinteiros, relojoeiros, serralheiros e jardineiros.

 

Neste cenário de pouco interesse dos profissionais, a construção civil também carece de mão de obra: há vagas abertas para ajudantes de pedreiro, pedreiro e pintor.

 

E na Região do Polo Têxtil, uma das vagas que tem despertado menos interesse é justamente para a área de confecção: procura-se caseadeira/botoneira.

 

A Casa do Trabalhador faz a ponte entre profissionais e empresas que desejam fazer contratações e treinamentos e os candidatos devem se dirigir à Rua Riachuelo, 739, no centro da cidade. Mais informações pelo telefone: (19) 3499-1015.

 

Confira outras vagas com baixa procura:

Ajudante de dendometria

Camareira

Caseiro

Instrutor de informática

Motorista de ônibus

Operador de maquina sopradora

Técnico em química

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).