Notícias


DESENVOLVIMENTO

30/11/-0001 às 13:21:00

Novas áreas de expansão econômica abrangem quatro importantes regiões de SB


A ampliação da área de expansão econômica feita pela Prefeitura de Santa Bárbara d'Oeste, com a aprovação da Câmara de Vereadores, permite a instalação de indústrias em quatro novas e importantes regiões da cidade. Esta mudança no Plano Diretor também aumenta o leque de atividades empresariais que podem se instalar na cidade e engloba novas áreas habitacionais destinadas a loteamentos populares.

Agora, estão na área de expansão econômica as regiões às margens do entroncamento da Rodovia dos Bandeirantes com a SP-135, o entorno do bairro Recanto das Andorinhas e da Indústrias Romi e as margens do Rio Piracicaba. As áreas de habitação de interesse social também foram ampliadas e toda a região vizinha ao bairro Cruzeiro do Sul até a divisa com Piracicaba poderá receber loteamentos populares.

Estas alterações permitirão, por exemplo, a vinda de indústrias que necessitam estar ao lado de rios com grande vazão, como é o caso do Rio Piracicaba. Além disso, a ampliação das áreas aumenta a oferta de terras destinadas ao desenvolvimento econômico e social. A nova legislação também permitiu que se levasse adiante o Programa Parque Tecnológico de Santa Bárbara d'Oeste, que é uma ferramenta para atração de indústrias.

Os terrenos ao lado das rodovias foram incluídos na área de expansão econômica, visando o fácil escoamento da produção para todo o país. O diretor de Relações Empresariais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Rogério Bosco, destacou um dos pontos mais importantes da nova legislação. "Essa ampliação possibilita uma oferta maior de terras em que antes não era permitida a instalação de indústrias, visando a regulação da lei da oferta e da procura", apontou.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Christovão Silveira, a aprovação da lei pelos vereadores significa mais uma ação positiva para gerar emprego, renda e desenvolvimento social. "Levamos em consideração a ampliação das áreas de habitação de interesse social, prevendo que, com a expansão da área industrial, é preciso qualidade de vida aos moradores barbarenses. Com esta ação, planejamos uma melhor distribuição do crescimento econômico de Santa Bárbara d'Oeste", afirmou.

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).