Notícias


JUSTIÇA

04/08/2022 às 15:45:00

Homem que matou a companheira tem prisão preventiva decretada pela Justiça de SB


(Foto Arquivo SBNoticias)

Foi decretada ontem (03), pela Justiça de Santa Bárbara d’ Oeste, a prisão preventiva de Josias Sass Ribeiro, de 56 anos, acusado de matar e enterrar o corpo de sua companheira, a aposentada Maria Inês Francisca da Silva Romero Correa, de 73. Eles estavam juntos há oito meses. O crime foi descoberto no dia 9 de junho, no Jardim Cândido Bertine, quando o corpo da mulher foi encontrado por um trabalhador em uma obra.

O acusado foi denunciado por homicídio qualificado por motivo torpe, asfixia e recurso que dificultou a defesa, feminicídio, violência doméstica e familiar, com o agravante de ter sido praticado contra pessoa maior de 60 anos e ocultação de cadáver. Na denúncia, o Ministério Público citou que ele usou uma calça para asfixiar a companheira e enterrou o corpo em uma área verde.

Ele estava detido na Cadeia Pública “Carcereiro Pedro Cromo”, em Santa Bárbara, e foi conduzido ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Americana. Josias já tinha cumprido dez de 18 anos de condenação pelo assassinato de outra ex-companheira, no ano de 2000, em Nova Odessa.

O CRIME: Maria Inês estava desaparecida há alguns dias e a família, desconfiada, procurou a Polícia, que foi até a casa da vítima e encontrou Josias. Em depoimento o acusado afirmou que a mulher teria viajado no final de maio para visitar parentes em Minas Gerais. No entanto, conforme registrado em boletim de ocorrência, a mulher teria sido vista pela última vez no dia 1º de junho e parentes de Minas Gerais desconheciam seu paradeiro.

Familiares foram até a casa dela e forçaram a entrada. Em um armário, localizaram vários pertences de Maria Inês, entre eles, celulares, cartão bancário e documentos pessoais. Após praticar o crime o homem passou a usar o cartão bancário da companheira. No dia 9 de junho um trabalhador que operava uma retroescavadeira em uma obra encontrou o corpo enterrado. Inicialmente Josias  negou o crime, mas após investigações foi preso. 

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).