Notícias


FUTEBOL

24/04/2020 às 11:41:00

Felipão explica por que Palmeiras caiu de produção em 2019


Líder isolado do Campeonato Brasileiro de 2019 antes da parada para a Copa América, o Palmeiras teve uma queda brusca de desempenho e resultado no segundo semestre do ano passado. A piora causou a saída de Felipão e o fim das chances de título do Alviverde na temporada.

Em entrevista aos canais Fox Sports, o treinador veterano tentou explicar o que causou a queda de produção da equipe. “Nós tínhamos uma situação de trabalho e organização em que nos baseávamos bastante nas características daqueles atletas que estavam jogando. E quem nos dava todo um suporte para ter aquele estilo de jogo e aquela agressividade era o Deyverson”, contou.

“O Deyverson fazia aquela marcação muito forte na saída de bola do adversário e trazia junto com ele os nossos jogadores. E nós, quando começamos a trabalhar com a equipe no começo da Copa América, já notamos que o time não tina aquela agressividade, aquela postura, e nem o Deyverson conseguia dar mais aquilo que pretendíamos”, seguiu Felipão.

O Palmeiras perdeu a liderança do Campeonato pela primeira vez no fim de julho, para o Santos, na 12ª rodada. A equipe de Scolari ainda seria eliminada da Copa do Brasil pelo Internacional nas quartas de final, e da Libertadores pelo Grêmio nas semifinais.

“E aí não conseguimos arranjar a equipe de forma que ela fosse igual aqueles nove primeiros jogos. As derrotas da Copa do Brasil quando já estávamos quase na semifinal, contra o Internacional nos pênaltis, e depois a derrota em casa para o Grêmio de virada (pela Libertadores), foram fatores que influenciaram a nossa saída”, explicou o treinador.

“Nós não conseguimos mais fazer com que a equipe jogasse daquela forma, que jogávamos desde que chegamos no Palmeiras em 2018. E as alternativas que nós procurávamos também não correspondiam a aquilo que nós pretendíamos. Os atletas tentavam, mas não era a mesma coisa, não conseguíamos dar sequência naquele trabalho”, concluiu.

Felipão foi demitido no início de setembro, após derrota por 3 a 0 para o Flamengo no Maracanã. Dias depois, o clube anunciou a chegada de Mano Menezes, que saiu do clube menos de três meses depois.

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).