Notícias


BRASILEIRÃO

05/10/2021 às 23:45:00

Corinthians vira pra cima do Bahia, faz a festa da torcida e dorme no G4


Foto: Rodrigo Coca/Corinthians

No dia que a Fiel pôde voltar à Neo Química Arena depois de um ano e sete meses afastada devido a pandemia do coronavírus, o Corinthians presenteou seu torcedor com uma vitória de virada em cima do Bahia, por 3 a 1, na noite desta terça-feira, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A sequência de invencibilidade dos corintianos chegou a 10 jogos. Em compensação, o Bahia já acumula quatro partidas seguidas sem vencer.

Na tabela

O resultado levou o Timão ao G4 pela primeira vez, agora com 37 pontos, exatamente no quarto lugar. Para se manter na posição, os paulistas terão de torcer por tropeços de Fortaleza e Red Bull Bragantino no complemento desta rodada.

Por outro lado, o Bahia perdeu a chance de sair da zona do rebaixamento e ficou com 23 pontos, na 17ª colocação. Quem comemorou o tropeço foi o Santos, que entraria no Z4 em caso de triunfo dos tricolores.

Resumo

O Corinthians teve Piton na vaga de Fábio Santos, preservado, como novidade.

Mas, apesar da pressão inicial dos mandantes, foi o Tricolor que abriu o placar, justamente por causa de pênalti cometido pelo lateral esquerdo corintiano, que não atuava desde 27 de junho e acabou puxando Gilberto dentro da área.

O lance gerou muita discussão e foi revisado por orientação do VAR. No fim, o árbitro assinalou a marca da cal, e Gilberto deslocou Cássio.

No último lance da etapa inicial veio o empate, e também de pênalti. Lucas Araújo bloqueou chute de Giuliano dentro da área e, como já tinha amarelo, recebeu o segundo e foi expulso.

Com Fábio Santos de fora, Róger Guedes assumiu a cobrança e marcou seu quarto gol no quinto jogo pelo Corinthians.

Na etapa final, em apenas seis minutos o alvinegro chegou à virada. Victor Cantillo, de cabeça, após cobrança de falta de Fagner, marcou seu primeiro gol pelo clube paulista.

O terceiro gol foi marcado por Jô, que aproveitou rebote do goleiro Mateus Claus após chute de GP. O camisa 77, assim, chegou a 28 gols na Neo Química Arena e se isolou como artilheiro maior do estádio.

Após isso, com a um a mais e com a vitória garantida, o Corinthians apenas administrou o resultado até o apito final, quando a Fiel pôde comemorar, ciente de que a equipe conseguiu alcançar o G4 pela primeira vez neste Brasileirão.

E agora?

O Timão volta a campo no sábado, quando visitará o Sport, às 16h30, na Ilha do Retiro.

Também no sábado, mas às 19 horas, o Bahia visitará o Athletico-PR.


FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 x 1 BAHIA


Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data: Terça-feira, 5 de outubro de 2021

Hora: 21hh30 (de Brasília)

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (Ambos de AL)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Lucas Araújo (2) (BAH)

Cartão vermelho: Lucas Araújo (BAH)

Público e renda: 10.470 (pagantes) / 10.624 (total) / R$ 520.529,90.


GOLS

Corinthians: Róger Guedes, aos 49 minutos do 1T; Cantillo, aos 6, e Jô, aos 25 minutos do 2T.

Bahia: Gilberto, aos 32 minutos do 1T


CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton; Cantillo (Gabriel); Gabriel Pereira (Mosquito), Giuliano, Renato Augusto (Luan) e Willian (Jô); Róger Guedes (Adson)

Técnico: Sylvinho


BAHIA: Mateus Claus; Nino Paraíba, Gustavo Henrique, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Lucas Araújo e Patrick; Daniel (Luizão) e Lucas Mugni (Edson); Gilberto (Ronaldo César) e Thonny Anderson (Óscar Ruíz)

Técnico: Diego Dabove


COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).