Notícias


ELEIÇÕES

22/05/2020 às 14:41:00

14 partidos devem disputar a eleição proporcional em Santa Bárbara


No Brasil existem 33 partidos constituídos.  No município de Santa Bárbara d’ Oeste 14 devem disputar a eleição proporcional de 2020. Neste ano, a Legislação Eleitoral não permite coligações para a eleição proporcional, que é a escolha das 19 cadeiras existentes no poder legislativo de Santa Bárbara.

Na cidade existem mais partidos constituídos, mas apenas 14 efetuaram movimentações para ter chapa completa ou quase completa para disputar a eleição proporcional deste ano.

Os partidos que se preparam para essas eleições são: PV, PSD, PMDB, Republicanos, Patriota, Podemos,PL,PSDB,PSL,PT,Avante,Solidariedade, PC do B e PDT.

Na eleição majoritária a tendência é que a eleição para prefeito seja disputada por 4 candidatos, no máximo, que são:  Rafael Piovesan (com os partidos PV/MDB/PL/PSDB/PDT); Dr. José (com os partidos PSD/Republicanos/Patriotas/Solidariedade); Fabiano Pinguim (com os partidos Podemos e Avante) e Marcos Fontes (com o partido PSL).   Faltam as definições do PT e do PC do B. No PT tem a maior probabilidade é que o partido tenha apenas uma chapa de vereadores, não lançando candidato a prefeito. Já o PC do B a chance de fazer chapa de vereadores completa é pequena, mas o partido poderá participar da Coligação Majoritária de Rafael Piovesan, já que o partido participa da administração Denis Andia, com a Secretaria de Educação.

Passado o prazo final de filiação, que se encerrou no dia 04 de abril, no meio político barbarense, existe uma corrente que classifica um grupo de 7 partidos que deverão dominar a nova composição da Câmara Municipal de Santa Bárbara para o biênio 2021 a 2024. Esses partidos deverão eleger de 14 a 17 vereadores.

As projeções contam muito com o desempenho dos votos que o candidato a prefeito venha a obter, pois isso influencia sobremaneira na composição da Câmara Municipal.

Essas projeções, segundo lideranças e militantes do meio político que a reportagem do SBNotícias conversou, levam em conta as pesquisas eleitorais deste momento com esse cenário político atual.

Nesse cenário os partidos que deverão fazer as maiores bancadas, são:

GRUPO 1 – QUE DEVE ELEGER DE 14 A 17 VEREADORES

PV – (de 3 a 4 vereadores)

PSD – (de 3 a 4 vereadores)

MDB – ( de 1 a 2 vereadores)

REPUBLICANOS – (de 2 a 3 vereadores)

PODEMOS – (de 1 a 2 vereadores)

PL – ( de 1 a 2 vereadores)

Patriotas ( de 1 a 2 vereadores)

GRUPO 2– QUE DEVE ELEGER DE 2 A 5 VEREADORES

- PSDB

- PSL

- PT

- AVANTE

- SOLIDARIEDADE

- PDT

- PC do B

Portanto, os partidos do grupo 2, nessa projeção, devem eleger no máximo um vereador, sendo que 2 ou até 5 partidos podem não eleger nenhum. Pode se afirmar que os partidos que não conseguirem fazer o quociente eleitoral, que neste ano em Santa Bárbara, deve ser entre 4.500 a 4.800 votos, terão que obter, no mínimo, 3.500 votos, pois dificilmente vão conseguir obter uma vaga, na SOBRA, para a Câmara municipal, com quantidade de votos da sua legenda com número inferior a 3.500 votos. Outro fato que dificilmente deve a ocorrer nas eleições proporcionais deste ano, em Santa Barbara, é a eleição de um vereador com quantidade inferior a 1.200 votos.

Ressalta-se aqui, que esses números são uma projeção, não têm nenhum valor cientifico e tem como cenário a tendência atual de 4 candidatos a prefeito e as chapas atuais dos partidos na cidade. Também vale ressaltar que pode ocorrer algum fenômeno eleitoral momentâneo, que venha a ser surpresa nas eleições, o que calçaria alteração no quadro apresentado.

Nos próximos dias o portal SBNotícias deverá trazer matéria de cada partido, mostrando os principais nomes que cada um tem e as possíveis promessas que cada partido  promete ser surpresa nas eleições de 2020 em Santa Bárbara.

Para poder disputar as eleições em 2020 é fundamental que o partido esteja com suas obrigações plenas, tenha suas condições em dia com a Justiça Eleitoral no município.

Outro detalhe importante nesta eleição em Santa Bárbara, é que partidos tradicionais no País não deverão estar disputando as eleições proporcionais de 2020 na cidade, tais como: DEM, PSB, Cidadania e PTB, entre outros.

 

 

COMENTÁRIOS (Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).