GERAL

DAE recebe agentes técnicos para avaliação de segurança das barragens, em ação do DAEE

19/10/2017 - 18h38

 

Compartilhar via E-mail

As três represas de Santa Bárbara d'Oeste receberam a visita nesta quarta-feira de técnicos contratados pelo DAEE/SP (Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo) para levantamentos nas barragens quanto à situação física e estrutural das mesmas. A ação cumpre a Política Nacional de Segurança de Barragens, conforme estabelece a Lei Federal nº 12.334, de 20 de setembro de 2010. Na ocasião, o DAE (Departamento de Água e Esgoto) foi orientado das suas atribuições a fim de fomentar a cultura de gestão de risco, que é um dos principais objetivos da lei. A Defesa Civil do município acompanhou a visita.

O levantamento consiste em juntar as informações relacionadas às barragens através do preenchimento de questionários que foram entregues ao diretor de Recursos Hídricos do DAE, o engenheiro Carlos Augusto dos Santos, que acompanhou toda a vistoria dos técnicos nas represas. O documento vai definir a classificação das barragens conforme o grau de risco e as ações a serem tomadas a partir do resultado do estudo. E seguida, as informações serão passadas ao DAEE, órgão fiscalizador que, de posse do banco de dados, encaminhará à ANA (Agência Nacional de Águas). Os períodos das inspeções irão variar de acordo com o resultado.

Santos destacou a importância da ação e que ela vai agregar ao Plano de Segurança da Água (PSA), que já vem sendo desenvolvido pelo DAE de Santa Bárbara como projeto piloto na Bacia PCJ (dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), por meio do apoio de importantes órgãos gestores da água, da saúde e do meio ambiente, além de profissionais de renomadas Universidades.

"Temos uma equipe competente, formada por servidores do DAE, que visa garantir a segurança da nossa água através da elaboração do PSA. Com mais este trabalho que se inicia, em exigência do DAEE, nossas pesquisas e levantamentos, incluindo as barragens, ficam ainda mais fortalecidos", comentou.

O DAEE iniciou as vistorias nos municípios que integram a Bacia PCJ e que possuem barragens que se enquadram nas características técnicas que considera a lei, como a altura e a extensão do barramento e a capacidade de reservação do manancial. Segundo os visitantes, o engenheiro ambiental Julio Canholi e o gestor ambiental Almir Milanez, da empresa Hidrostudio, contratada pelo DAEE, as três barragens do município estão muito bem cuidadas.

 

Fonte: Redação/Divulgação

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).