GERAL

Dia Nacional de Luta: Vários serviços essenciais podem parar na sexta-feira

25/04/2017 - 18h28

 

Compartilhar via E-mail

A mobilização nacional programada para sexta-feira (28) vai paralisar o transporte público urbano e metropolitano. Foi o que afirmou hoje o presidente do Sindicato dos Condutores de Americana e Região, Paulo Sérgio da Silva. Também podem paralisar as atividades os professores, bancários e trabalhadores de vários outros setores.

Representantes do Sindicato dos Professores de Campinas e Região - subsede Santa Bárbara d'Oeste e Americana, do Sindicato dos Condutores de Americana e Região, Sindicato dos Trabalhadores Municipais,Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, Sindicato dos Têxteis e de outros setores, participaram da sessão ordinária da Câmara Municipal de Santa Bárbara na tarde de hoje (25) para acompanhar as explanações sobre a Mobilização Nacional programada para o dia 28, sexta-feira.

Usaram a tribuna livre para falar sobre a mobilização e convocar a população para participar desse ato, a professora Conceição Fornasari (Sinpro), Paulo Sérgio da Silva (Condutores) e Celso Calleff, do Conselho Municipal do Idoso de Santa Bárbara d'Oeste, que discorreu sobre as consequências da proposta de reforma da previdência.  Paulo Sérgio da Silva ressaltou que nas nove cidades da base do seu sindicato não haverá transporte público municipal e intermunicipal. Ônibus que transportam pacientes para a Unicamp e outras unidades de Saúde serão liberados, segundo ele. 

Cartazes, folhetos informativos e panfletos com os dizeres foram distribuídos ao público, com os dizeres: "Não à Reforma trabalhista e à Terceirizaçã", Santa Bárbara vai Parar", "Nenhum direito a menos", foram distribuiídos, akpel de um pafletos com os nomes e fotos de deputados federais do Estado de São paulo que votaram a facor da terceirização sem limites em todas as atividades da empresa,entre eles, Vanderlei Macris (PSDB/Americana) e Antonio Carlos Mendes Thame (PV/Piracicaba).

Sobre a paralisação do serviço de transporte a Prefeitura informou que estará conversando com a empresa e terá uma posição nesta quarta-feira (26) para a população que utiliza esse serviço. 

Fonte: Redação

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).