EDUCAÇÃO

Merenda: Mais de 8 milhões de refeições foram oferecidas em SB em 2016

11/01/2017 - 14h13

 

Compartilhar via E-mail

Com recursos próprios e dos governos federal e estadual a Secretaria de Educação de Santa Bárbara d' Oeste investiu no ano passado mais de R$ 9,5 milhões na merenda escolar. Conforme balanço divulgado hoje (11) pela pasta, durante todo o ano foram oferecidas mais de 8 milhões de refeições nas escolas municipais e estaduais para 30 mil alunos em 86 unidades escolares, entre 47 unidades municipais, 34 estaduais, quatro filantrópicas e ETEC (Escola Técnica Paula Souza) "Professor Dr. José Dagnoni".

A Secretaria de Educação também é responsável por elaborar os cardápios para todos os tipos de atendimento, sendo Integral Municipal, Regular, Pré-Escola, Ensino de Jovens e Adultos, Creche e Integral Estadual.

A secretária de Educação, Tânia Mara da Silva, destacou a atenção dada pela administração municipal à alimentação escolar e aos estudantes da escola pública barbarense. Ela também ressaltou o trabalho da equipe do Setor de Alimentação Escolar, atualmente composta por quatro nutricionistas, 230 cozinheiras e 30 agentes de serviços.

A chefe do Setor de Alimentação Escolar, Rosemary Mondoni, explicou que as escolas de educação integral servem três refeições diárias, as creches servem cinco refeições e as escolas de período regular uma refeição, exceto as escolas do período vespertino que também servem um café da manhã. Ela ressaltou ainda que a Administração Municipal continua com a aquisição de hortifrutis orgânicos, seguindo a legislação federal, no qual os municípios devem investir 30% dos recursos recebidos na agricultura familiar. "Utilizamos produtos orgânicos que são totalmente livres de pesticidas e fertilizantes químicos contribuindo para uma vida mais saudável, sempre pensando nas nossas crianças", ressaltou. "Para a introdução de um novo alimento sempre é realizado um teste de aceitabilidade", completou.

Desde 2013 o Setor de Alimentação em parceria com a Secretaria da Saúde desenvolve o Programa Saúde na Escola (PSE) incluindo no dia a dia do aluno informações sobre alimentação saudável e prevenção de doenças ligadas à alimentação como diabetes, pressão alta, colesterol entre outras, contemplando assim a educação nutricional.

A equipe técnica do setor proporciona anualmente um treinamento aos servidores que trabalham nas cozinhas das escolas visando à capacitação das mesmas. O Setor de Alimentação Escolar participa ativamente do Conselho de Alimentação Escolar nas reuniões mensais, esclarecendo as dúvidas e acompanhando os relatórios feitos após as visitas dos conselheiros às escolas para sanar problemas e fiscalizar o preparo e distribuição dos alimentos.

 

Fonte: Redação/Divulgação

Comentários

(Os comentários são de responsabilidade do autor, e não correspondem à opinião do SBNotícias).